De onde vem a sua procrastinação?

psiquiatra
Vai ao Psiquiatra? 4 dicas para aproveitar ao máximo sua consulta
mulher-vestindo-uma-camiseta-branca-meditando
O poder da Gratidão
Show all

De onde vem a sua procrastinação?

relogios

As raízes da procrastinação são mais complexas do que nós imaginamos.

Afinal o que é procrastinação? Porque nos auto sabotamos tanto? Porque tenho 6 meses para entregar um trabalho e só o faço na última semana?

Antes de começarmos entender as causas da procrastinação, precisamos entender o que ela é. 

De forma simples, procrastinar é adiar uma ação. Porém, esse adiamento não tem nada haver com a reorganização da rotina. Haja visto que aqui o “adiar” no fundo é “evitar”. 

Ou seja, o procrastinador foge de uma determinada atividade. Mas isso não vem sem culpa, stress e vergonha.

A Psicologia, em geral, entende que a procrastinação é encorajada por questões emocionais. Olhamos para as pessoas que procrastinam e vemos indivíduos com pouca tolerância à angústia. Quando confrontados com uma tarefa que desperta emoções negativas, eles congelam e recuam. Em vez de trabalhar esses sentimentos para criar um caminho novo simplesmente mudam o foco e vão fazer atividade menos difíceis. Veja se você não se reconhece:

As causas da Procrastinação são as mais diversas. Vejamos porque ela te persegue:

1. “Estou cansado de ter que decidir”

dois caminhos

Se você precisa tomar decisões constantemente, pode achar que é bom adiar “pequenas decisões”. Por exemplo, você que decidir suas próximas férias e começa a pesquisar na Internet. Escolhe que quer ir para a praia, mas quando está prestes a comprar as passagens, percebe que precisa escolher entre dois roteiros diferentes. Nesse momento, você se cansa de ter que decidir tudo e deixa essa escolha pra depois. O tempo passa e de repente você percebe que falta só uma semana pras férias e você nem sabe pra onde vai.

2. “Tenho dificuldade em me planejar”

graficos

Em termos cognitivos, algumas pessoas não são boas em planejar processos que possuem vária etapas, como por exemplo estudar para um concurso público. Essa dificuldade é bem frequente em pessoas que têm TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade).

Contudo, existem muitas pessoas que não têm TDAH e sofrem com a mesma dificuldade de se organizar. Se você é focado é bem fácil ver onde começa e onde termina uma determinada tarefa. Para o procrastinador ver por essa perspectiva é uma missão quase impossível.

3. “A Procrastinação atrapalha o meu relacionamento”

competicao

Protelar tarefas tende a causar estresse nos relacionamentos, especialmente quando essa relação já está estabelecida. Por exemplo, em um casamento a necessidade de tomar decisões juntos e depender um do outro para tarefas importantes pode causar sérios desconfortos.

Se uma pessoa dentro de um relacionamento tende a procrastinar, geralmente haverá um cabo de guerra que gera brigas constantes. Isso vai criar incômodo, ressentimento e estresse. Além de tudo isso, o fato do procrastinador se sentir pressionado não o ajuda a agilizar a conclusão da tarefa.

Tudo isso pode criar um círculo vicioso onde os sentimentos negativos se sobressaem diante dos sentimentos positivos, minando assim o relacionamento.

4. Minha depressão caminha junto com a procrastinação”

A depressão e a procrastinação estão intimamente ligadas. Em resumo, quando as pessoas estão deprimidas, elas tendem a procrastinar sobre todos os tipos de tarefas, sejam elas simples ou complexas, divertidas ou entediantes. Pessoas com depressão geralmente remoem pensamentos negativos, e normalmente perdem a confiança em sua capacidade de serem bons amigos, bons parceiros, bons profissionais, etc.

5. “A procrastinação também tem relação com a ansiedade?”

pessoa com ansiedade

Sim! Quando você adia uma tarefa devido às emoções negativas geradas pela tarefa, com certeza a ansiedade estará ali presente. 

Mesmo quando uma pessoa não quer fazer uma atividade porque ela é “chata”, normalmente não é que ela seja “chata”, ela só é “difícil”. Como por exemplo estudar para uma prova de Cálculo.

É normal existir também, a ansiedade por desempenho. São aquelas pessoas que querem entregar as tarefas com um perfeccionismo doentio, o que torna a tarefa desnecessariamente aflitiva.

6. “Procrastinar é ser criativo?”

Muitos trabalhos criativos (ex: escrever um livro, desenhar, etc) podem ser lapidados quando o autor fica um tempo afastado do seu projeto. E depois em um novo contato, olham pra sua produção com novos olhos. 

Esse tempo pode ser uma simples noite de sono ou aguardar alguns meses. Afastar-se um tempo significativo de um projeto pode ser tanto procrastinação quanto criatividade. 

Parte das lentes do criador é determinada pelo que está acontecendo no mundo e pelo que está acontecendo na vida deles na época. Portanto, nesse caso, procrastinar o lançamento de uma produção pode contribuir para a qualidade do trabalho.

7. Um método para não procrastinar

gtd

Vários fatores contribuem para a procrastinação, um exemplo deles é o hábito, sabe aquelas pessoas que tem o costume de esperar até o último dia para entregar uma tarefa? Eles têm o hábito de deixar tudo pra última hora. Isto não é necessariamente um padrão ruim, desde que seja um sistema organizado que que funcione bem para você.

Contudo a Psicologia entende que a procrastinação tende a ser uma prática auto-destrutiva. Existem vários métodos para se organizar e evitar o ato de procrastinar. Costumo indicar para os meus pacientes o método GTD.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *